terça-feira, 28 de junho de 2011

Castlevania


Introdução

Castlevania é o primeiro game da grande franquia de mesmo nome lançada para o antigo Nintendo 8-Bits (NES), pela Konami, em 1986.
Castlevania era um game popular que fez muito sucesso em 1986. Os jogadores desta época ainda possuem ótimas recordações do game.
O simples enredo e a jogabilidade deste game eram incomparáveis aos demais games da década de 80, e foi neste quesito que Castlevania se destacou.
Um dos poucos fatores responsáveis pelo afastamento de alguns jogadores é a dificuldade elevada do game.
Este game é um dos responsáveis pela expansão do gênero Hack and Slash, colocando o personagem Simon Belmont para destruir várias criaturas com seu temido chicote Vampire Killer.
Este primeiro game da série é bem diferente dos demais games da franquia conhecidos nos dias de hoje. 
Totalmente linear, este game é dividido em fases determinadas., sendo impossível retornar à fases anteriores.
Outros fatores utilizados nos games atuais da série e que ainda não era usados neste limitado game do Nintendo são os elementos de RPG. Estes elementos foram introduzidos a partir do segundo game da série.
Apesar de ser um jogo bem simples e limitado pela tecnologia do console, Castlevania é um dos melhores games da geração do Nintendo. Um game interessante de ser jogado e ainda mais interessante para aqueles que conhecem a franquia atual. Os jogadores que conhecem outros games da série da geração atual poderão ver neste game vários elementos que deram origem aos jogos de hoje.



Gráficos e Sons

Os gráficos de Castlevania são muito simples, como a maioria dos games lançados para o NES. 
Destacando-se em relação a muitos jogos do NES, o game chamou atenção por possuir gráficos bonitos e trabalhados, tudo dentro das limitações imposta pelo console. Os cenários de frente e fundo de tela merecem destaque por possuirem detalhes que são considerados de alto valor artístico no Nintendo 8-Bits.
Uma boa qualidade gráfica é um fator que é presente na maioria dos games da franquia lançados posteriormente.
A trilha sonora é um dos destaques do game. Mesmo com a precária capacidade do console, é possível notar a presença de composições musicais dignas. Trilhas sonoras  de respeito é um outro fator que está presente em todos os games da franquia. Cada cenário possui um tema específico e marcante que ficou clássico com o tempo.
Castlevania foi um dos primeiros jogos a utilizar vozes no videogame. Simon emitia um som sempre que atingido por um inimigo. Atualmente isto é considerado um dos efeitos mais básicos e simples existentes dentro de um jogo. Mas para o ano de 1986, este efeito, mesmo que mínimo, era revulocionário.
Os efeitos sonoros deste game também se destacaram dos demais games da época que possuiam sons monótonos e irritantes. 
Os efeitos deste Castlevania mostraram-se competentes e possuiam características adultas.



Jogabilidade 

A jogabilidade deste primeiro game da franquia é totalmente precária. Muitos jogadores da época queixavam-se dos movimentos duros e truncados.
Extremamente simples, a jogabilidade consiste em três comandos básicos: andar, pular e atacar.
Um dos maiores problemas de movimentação é o pulo do personagem. Uma vez que se pula, é impossível mudar a direção do pulo no ar. O cálculo errado da distância de um pulo é um dos principais fatores que resultam em morte no jogo. 
A adaptação com o chicote do personagem requer prática. O ataque exige uma cronometragem específica para acertar o inimigo com precisão. Com um pouco de prática, o jogador consegue se adaptar.
O principal problema do game é a dificuldade elevadissíma. Este game é considerado um dos jogos mais difíceis das décadas de 80 e 90. Tal dificuldade vem da presença de inimigos fortes, dando destaque a alguns chefes, e da dificuldade de executar pulos desejáveis.
O game é dividido em fases, contendo cada uma um chefe clássico da literatura de terror.


Fase 1 : Phatom Bat
Fase 2 : Medusa
Fase 3 : The Mummies
Fase 4 : Frankenstein and Igor
Fase 5 : Death
Fase 6 : Dracula



Além da arma principal, o chicote Vampire Killer, o jogador terá acesso a armas secundárias para atacar os inimigos. Dentre estas armas estão a Knife (Faca), Axe (Machado), Holy Water (Água Benta), Cross (Cruz) e Time (Relógio).
Para conseguir estas armas, o jogador deverá destruir itens ao longo dos cenários. A maioria destes itens a serem destruídos serão velas nas paredes. O jogador poderá utilizar apenas uma arma por vez, sendo impossível coletar duas armas simultaneamente. Cabe ao jogador decidir qual arma utilizar de acordo com o momento que se encontra no game.
Estas armas secundárias possuem uso limitado. Elas dependem de corações encontrados ao longo do game para serem usadas. Estes corações também são encontrados destruindo itens.
Cada arma secundária exige um número específico de corações para ser utilizada.
Destruindo os itens ao longo dos cenários, o jogador também pode encontrar outros itens como: sacos de dinheiros, que aumentam a pontuação do jogador, itens que intensificam o poder do Vampire Killer e itens que restauram a energia vital do personagem.
A energia vital do personagem é representada pela barra de retângulos vermelhos na parte superior da tela. Quando todos estes retângulos forem despreenchidos, o personagem perde uma vida.
A barra laranja, embaixo da barra vermelha, representa a energia vital do chefe da fase. Derrotando-o, o jogador prossegue para o cenário seguinte.
O game não conta com savepoints ou Passwords, outro fator que aumenta muito a dificuldade.
O enredo do game é simplório: No ano de 1961, Dracula ressurge e somente o decendente do lendário clã Belmont poderá derrotá-lo. Neste contexto, Simon Belmont é o próximo decendente deste clã encarregado de eliminar Dracula. 
Simon infiltra-se no território inimigo rumo a completar sua missão e seguir seu destino como membro do clã Belmont.



Conclusão

Apesar de ser um jogo muito simples e com muitos defeitos de mecânica, Castlevania foi o responsável por dar origem a uma das séries de jogos mais querida e lembrada do universo gamer.
Um título que serviu de referência para muitos games do gênero lançados posteriormente.
Somente os jogadores com muita habilidade e experiência conseguem finalizar o jogo. Nos dias de hoje, com o auxilio de emuladores, o jogo se torna fácil devido ao Save State. Com o Save State, o jogador pode salvar o progresso quando desejar. Como na época de lançamento não existia emuladores, terminar o game era quase impossível.
A série Castlevania iniciou-se com grande estilo no antigo Nintendo. O game foi tão bem recebido pelo público que alguns anos depois, novas versões deste primeio Castlevania foram lançados para outros consoles.



 Nota Final : 8


Confira também a análise de:  


Castlevania II : Simon's Quest (Nintendo)




    Trilha Sonora 

    •  Vampire Killer

    video
      • Stalker

      video

      • Wicked Child

      video

      • Walking on the Edge

      video

      • Heart of Fire

      video

      32 comentários:

      1. Parece bem maneiro,mais nunca joguei nao!
        adoro video games e jogos..vlwlw

        ResponderExcluir
      2. Nossa quanto tempo não jogo esse jogo rs
        des da epoca do dynavision kk

        ResponderExcluir
      3. jogo é demaiss um classico isso shaushaushausha

        belo blog mano continue assim!

        ResponderExcluir
      4. Não entendo NADA de games, nunca cheguei perto de um e não tenho muita curiosidade. Mas adorei a expressão "jogabilidade", digna do técnico Tite! :))

        ResponderExcluir
      5. pra mim ele foi o que mais deu referência ao Mário Bros

        ResponderExcluir
      6. Joguinho bem conhecido esse, mas nunca joguei rs
        http://www.claudiaalvesinteriores.blogspot.com/

        ResponderExcluir
      7. parece legal... esses jogos da konami são ótimos :)

        ResponderExcluir
      8. Não sou muito chegada em games, mas parece legal!

        se puder passa lá:
        http://odiariodemariana.blogspot.com/
        =*

        ResponderExcluir
      9. Jogava muito assim que ganhei meu computador... a alguns anos atrás!

        ResponderExcluir
      10. Hahaha! Não acredito que vi esse game aqui!
        Ele foi parte da minha infância! Altas horas jogando Castlevania com os primos de madrugada!
        Abraço e parabéns pelo blog!

        ResponderExcluir
      11. Me interessei, apesar de não jogar muito.

        ResponderExcluir
      12. Não me lembro de ter jogado esse jogo =/

        ResponderExcluir
      13. legal você falar sobre jogos mais antigos aqui...

        ResponderExcluir
      14. não esperava a analise de um game tão antigo, rs.
        A versão de castlevania que mais osto a do PS1, aquela trilha sonora é ótima.

        ResponderExcluir
      15. Realmente Filipe.
        Eu particularmente gosto mais do Castlevania Symphony of the Night do Ps1.

        Jogo Excelente.
        Breve breve posto aqui no blog tambem

        Abraços

        ResponderExcluir
      16. adoro os jogos clássicos!
        muito bom!
        \o/

        ResponderExcluir
      17. É bom recordar esses joguinhos clássicos, mas esse não me lembro de ter jogado.

        http://www.costabbade.blogspot.com/

        ResponderExcluir
      18. Me surpreendi por analizar um game tão antigo, mas gostei! Parabéns pelo blog!

        ResponderExcluir
      19. Era da hora esse jogo mas depois de jogar ps2 e 3 ou xbox fica dificil ter saudade desse kkkkkkk

        ResponderExcluir
      20. A série de jogos Castlevania é memorável; o meu favorito sem dúvida é o Symphony of the Night.

        http://www.poisonique.com/

        ResponderExcluir
      21. Um dos clássicos dos clássicos, hehehe

        Beijinhos

        ---
        www.jehjeh.com

        ResponderExcluir
      22. AFF vey!eu jogava isso em Polystation!uahsuhasuhsa

        ResponderExcluir
      23. aa eu jogava a muito tmpo vários games!
        mas to enferrujada!
        n m ligo mais em nda!
        mas esse parece ser bala e papapa!
        bom eras isso, teu blog eh bem trii!
        m deu vontade de joga algo!
        hehe
        bjs
        http://etcmodaetal.blogspot.com/

        ResponderExcluir
      24. clássico! tinha esse game pro nintendo 64 era demais! abraço!

        ResponderExcluir
      25. Nunca cheguei a jogar... nem as recentes versões.

        Vc viu a demo de Bioshock Infinite? Muito foda mesmo...

        ResponderExcluir
      26. Ele parece ser antigoo'
        E eu gosto de Jogos antigos
        acho interessante ^^
        http://cantinhocomtudo.blogspot.com/

        ResponderExcluir
      27. nem acreditei quando vi o titulo, Castlevania é classico, deu vontade de jogar agora...

        http://mova-me.blogspot.com/

        ResponderExcluir
      28. Só zerei o Castlevania do Ps2..nem lembro mais o nome rs

        ResponderExcluir